Hoi An - Vietnam - Vida Cotidiana

Hoi An - Vietnam - Vida Cotidiana

terça-feira, 12 de abril de 2011

Istambul - Turquia

Istambul - a cidade mais importante da Turquia. Serve de ponto natural entre os continentes Europeus e Asiáticos, e assumiu, desde milhares de anos atras, o posto de uma das mais importantes cidades do mundo. Dividida em dois pelo Bósforo que une os mares Negro e Mármara, Istambul já foi chamada de Constantinopla e Bizancio. Mas, foi com a dominação Otomana que ela adquiriu estas características tão próprias. Andando pela cidade, você já percebe a mistura do tradicional, de homens irem trabalharem todos de ternos pretos e as burkas das mulheres, com as roupas modernissimas das jovens e das lojas de marca espalhadas pelas ruas mais caras.. Sinta-se em outro mundo com o chamado para as orações, vindo das centenas de mesquitas espalhadas pela cidade.. Compre pães e roscas artesanais na rua, e pare em um café super clean para tomar o famoso chá de maçã.. Isso é Istambul: O antigo e o moderno andando de mãos dadas e com respeito. Como falar de um muçulmano que bebe e fuma? Esse é o turco.. rs. Ah, atenção: Turco não é árabe! Turco fala turco e não árabe! Não se confunda por que eles não gostam.. rsrs A moeda é a Lira turca. Em 2011, o valor do dollar x LT era de 1 dollar comprava 1,54 LT. Acha pouco? Pense que lá é bem barato.. tanto comida, como transporte.. tudo é bem barato.. por isso, cuidado! O excesso de bagagem é inevitável. Andar pela cidade é facil.. a parte asiática é a parte nova, para aonde a cidade está crescendo.. por isso, só vale a pena se vc quiser ir a um barzinho mais moderno, ou um restaurante famoso. Fora isso, se atenha na parte Européia, aonde se concentram os lugares a serem visitados. Você anda bem de Tram (que anda por toda a cidade velha) e depois, pernas pra que te quero. Comecemos pelo Hipódromo. Certamente era um lugar aonde os corredores se reuniam, tanto de cavalos, como atletas mesmo. Diz a história que Constantino pediu aos Egipcios este obelisco, vindo de um templo, dizendo que era justo ter esta pedra para acalentar os sonhos daqueles que passavam pelo mar Negro. Nota-se que alguns hieróglifos estão cortados, pois, reza a lenda que a pedra, em peça inteira, acabou quebrando no transporte, mas, até então, nenhum grande figura se importo com isso e a coisa ficou assim mesmo..Ele foi levantado em 4 grandes bases de cobre, e depois, adornadas com 4 faces de marmores exaltando seus imperadores e familiares, assim como seus atletas que completavam as corridas. Quando os Otomanos construiram a Mesquita, eles elevaram o piso do hipódromo, e as bases foram escondidas, assim, como as bases das outras 2 grandes colunas que tb estão neste pátio. Outro grande monumento arrolado pelo imperador Constantino foi a Coluna de Serpente, roubada do Templo de Apolo em Delfos. Originalmente, esta coluna tinha 3 cabeças de serpentes, que se torciam e se tornavam uma, vinda do chão. Ve-se também que, com a elevação do piso, parte tinha ficado soterrada. Por fim, a ultima coluna é a de Constantino, ou coluna de tijolos. Dizem que foi feita para celebrar os feitos de seu pai, Basileio I. Seguindo adiante, procure pela suntuosidade da Mesquita Azul. Não, ela´não é azul por fora, mas ganhou este nome por ter azulejos nesta cor em seu interior, o que lhe dá esta característica. Linda, impressionante. Em Istambul já havia a Aya Sofia, então, o Sultão Ahmed I quis construir uma maior e mais suntuosa. Seus seis minaretes e as superposições das cúpulas a tornam ponto alto de visita a cidade.Lembre de tirar os sapatos na entrada. Não precisa cobrir a cabeça, mas se vc estiver de bermuda, saia ou camisa decotada, leve um lenço, ou pegue emprestado na entrada.. eles geralmente emprestam umas cangas. Você não pode passear por todos os recantos, até por que ela é uma mesquita ativa, mas é impressionante de verdade. Note que há uma porta com a direção a Meca, e note também que, as luminárias estão bem baixas, até por que as pessoas ficam sempre ajoelhadas na hora da oração. Silêncio total.
Ainda vem mais por aí.. atravesse o maravilhoso jardim, e se tiver uns delights na bolsa, pare e aprecie o movimento dos turistas ou dos proprios moradores. Senão, mãos a obra e direto a Aya Sofia ou Hagia Sofia. Essa sim, sempre foi a minha imagem de Istambul. Não o seu exterior, mas as suas placas redondas com mensagens do Corão ou Alcorão dentro dela sempre ficaram marcadas na minha mente. Era originalmente uma catedral Ortodoxa. Depois, com a dominação Otomana, os mosaicos foram todos cobertos (não destruídos, diga-se de passagem) e adquiriram a decoração de mesquita de hoje em dia. Na realidade, a Aya foi reconstruida 3 vezes (vc pode ver alguns resquícios dos antigos pilares na entrada).
Comece a visita pelo andar superior, até pra poder visualizar sua grandiosidade. Note os mosaicos que estão sendo raspados e recuperados. Aproveite o visual, pra só depois descer. As fotos desse nivel ficam maravilhosas! olha a dica!! rs
Descendo, comece a visita pela Mesquita. Com calma, olhe todos os ambientes, veja toda decoração.. tudo é maravilhoso e grandioso. Se Ahmed I queria que a Mesquita Azul fosse a mais grandiosa, ele não conseguiu. Na minha opinião, nada supera a Aya Sofia. Ela é considerada a 8a maravilha do mundo, e por 1000 anos foi a Igreja mais importante do mundo.
Já na porta de saída, observe: de um lado, jarros de mármore que antigamente eram usados para que os fiéis lavassem os pés, mãos e pescoço antes de começarem as orações. Do outro lado, um furo numa placa de cobre que, dizem, se a pessoa for capaz de dar uma volta completa com o dedo (uma verdadeira ginástica) a pessoa recebe a sua graça.

Antes do portal de saída, olhe pra cima e veja as antigas cruzes que foram descobertas, antes cobertas por imagens e mensagens do Alcorão.
Ainda na área, procure pela Cisterna Basílica ou Palacio de Yerebatan. custa umas 10 LT e vale o passeio. As famosas cabeças de medusa estão lá, assim, como um bando de carpas multicoloridas que alegram o ambiente. Impressionante como funcionava o abastecimento de água e os famosos banhos turcos. Agora, é tempo de comer. Atravesse a praça e dê de cara com vários restaurantes típicos. Bom preço e boa comida. Sempre peça a carne de cordeiro! Descansado, rumo ao Grand Bazaar. Uma caminhada rua acima por uns 10 minutos. Se prepare com a confusão, o barulho e as ofertas. O que você quer sempre custa menos da metade do que é pedido, e cuidado! Sempre veja o que eles embrulham. Na minha opinião, o melhor lugar para compras é o Bazar de Especiarias, menor e mais honesto, talvez (a pechincha tb existe, mas é menos agressivo). Mas, o Grand Bazaar deve ser visitado e é realmente grandioso e diversificado. Você encontra comida, bebida, quinquilharia, roupas, falsifições (cuidado, tem muito!). Sempre aproveite para provar o yogurte (pra quem gosta, com endro ou hortelã), as turkish delights e os paezinhos..

A rua principal de comércio é a Istiklal caddesi, que se inicia na Praça taksim. Ela é de pedestres (mas cuidado, tem motorista maluco que passa por lá logo no começo do dia para fazer entregas, e eles sao loucos!!!!). Você pode percorrer seu 1,5 km e chegar até a praça Galata, fuchicando suas lojas de marca ou restaurantes de todos os tipos e gostos. Ou, se preferir, experimentar o Tûnnel, uma galeria de trens subterraneos tão antigos quanto os de Londres, que também te levam até a ponte Galata, e dali, se você quiser, até o sistema de trans que circulam até a cidade.Nesta rua você encontra uma Igreja católica - De Santo Antonio de Pádua - (em toda a minha estada, a única que eu vi!!). Esta praça é uma das mais importantes da cidade, aonde várias manifestações costumam acontecer e aonde os mais ávidos pela comida ocidental encontram Burguer King, MacDonalds e KFC.. rs
Além do famoso passeio pelo Bósforo (o embarque perto da praça da cisterna, aonde está o túmulo do Barba roxa - sim, ele existe!) de onde vc pode visualizar as duas margens dos dois continentes (realmente imperdível), três visitas são bem interessantes:1) Bylerbeyi Sarayi - Palacete situado no lado asiático, aonde as autoridades em visita a cidade se hospedavam. Fica bem a margem do Bósforo e vale o passeio!!
2) Mesquita de Rustem Pasa - Não muito visitada por turistas, mas é a mais atraente da cidade, caracterizando um genuino exemplo da representançaõ Otomana na cidade. Não se pode entrar calçado e deve-se cubrir a cabeça.
O melhor de tudo, é que ela fica a poucos metros do Bazar de Especiarias, que ao meu ver, é o melhor local de compras da cidade. Procure os stands 29 e 41. Chá de maça, pistaches, delights e temperos, pashminas.. um pouco de tudo!!
Como não podia faltar, um grande passeio de dia inteiro, é visitar o famoso Palácio de Topkapi. Esse sim é uma viagem ao passado, com uma vista deslumbrante! Take your time and enjoy the ride!
O Palácio é um complexo, aonde cada seção é separada estritamente para cumprir seu papel dentro da premissa de ser a residência do Sultão e seu centro de administração do império. Patios, terraços, jardins, salões de recepções, Harém, Salões para a circunsição dos filhos do Sultão, terraças, Banhos Turcos... Tudo isso e mais alguma coisa. Agora também, museus com jóias, tapeçarias, uniformes.. tornam esta visita tão importante e imperdível.
Além de tudo, o visual do Már de Mármara fecha com chave de ouro esta visita. Aproveite e tome um café no terraço dos fundos e não deixe de ver o grande diamante da coleção, menor apenas do que o da torre de Londres.
Shows de Dança do ventre? Nâo aconselho.. aqui no Brasil as meninas dançam muito melhor e com mais criatividade. Mas, vale a pena assistir aos Dewirshes ou Sufis. São cerimônias aonde os participantes entram em uma espécie de transe rodam sem parar por horas (sem exagero). Diferente e enigmático, pois os caras não ficam tontos nem tropeçam.. e aguentam bem o tranco! Hocpasa Hammi sk No 3B e custa 50 LT, com direito a bebidinhas de cortesia. O tram fica bem pertinho.
Dica de Estadia: http://www.booking.com/hotel/tr/lion.pt.html?aid=311840;label=lion-mDLiygRTSU41UBuMXQcS5wS3671479063;ws=&gclid=CKifs9XRmqgCFYg65QodzklwHg - Pertinho da Praça Taksim, com restaurantes e casas de câmbio confiáveis em seu entorno. Quarto de bom tamanho e atendimento razoável.
Istambul é assim: Surpreendentemente acolhedora, estranhamente simpática, e enigmática. Não há como não se apaixonar pela cidade e por sua gente. O seu cheiro, o seu som, a sua mágica.. tudo é fascinante.

5 comentários:

  1. oi Cris, vou ler tudinho jáaa

    e vou divulgar no meu twitter esse teu post ok

    beijoo

    Grasi

    ResponderExcluir
  2. obrigada querida.. vou amar! bjssss

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Cris!
    Experiência bem rica, assim eu compreendi.

    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  4. Fofo, valeu!! Realmente, Istambul foi uma grata surpresa! Recomendo a todos!! Bom Bonito e Barato!!! bjsssssss

    ResponderExcluir
  5. muito linda as fotos das suas viagens!

    ResponderExcluir